Sei
01 Aug 2013 | Sei

Entrevistas

Entrevista: Anderson Fontana, Infernal

Entrevista: Anderson Fontana, Infernal

oozy fontanaA turnê ‘Sei’ trouxe consigo algumas novidades como uma maior comunicação com os fãs nas redes sociais de Nando, aproximação deles com o artista, interatividade na precificação do atual disco e, também, a lojinha oficial de Nando Reis, comandada pelo simpático e atencioso Anderson Fontana.

Quem já teve a oportunidade de conversar com Anderson sabe que, além dele conhecer tudo de música e bandas, é expert em apresentar os produtos ‘Nando Reis’ para os fãs, fazendo de sua lojinha a sala de visitas para os shows de Nando Reis e Os Infernais.

Uma curiosidade é que nós, da equipe do fã clube, conhecíamos o Anderson desde 2010 quando assistimos o programa ‘Um Dia Com Nando Reis’, pois ele trabalhava em uma tradicional loja de discos de São Paulo que o cantor frequentava (VEJA O VÍDEO ABAIXO).

..

Confira abaixo a entrevista que fizemos com ele e conheça um pouco mais deste querido amigo infernal que tanto admiramos e curtimos…

ENTREVISTA:

andersonFã Clube – Como conheceu Nando Reis e como surgiu a oportunidade de integrar a família infernal?
Anderson Fontana – Conheci o Nando na loja de discos que eu trabalhava, Compact Blue, em SP, localizada na Rua Augusta. Por indicação do Miranda (produtor musical) o Nando conheceu a loja e, com o tempo, acabou virando cliente assíduo… Com o lançamento do “Sei” independente e a criação da lojinha nos shows, o Nando me fez o convite para cuidar das vendas e cá estou.

Fã Clube – Nesta tradicional loja de discos em que trabalhou, qual era o estilo musical mais procurado por Nando?
Anderson Fontana – O Nando é bem eclético. Ele curte várias vertentes do rock, folk, soul… Comprava e indicava muitos discos legais!

Fã Clube – No documentário ‘Um Dia Com Nando Reis’ vimos que você sugeria discos de artistas que ele não conhecia. Como era feita esta seleção?
Anderson Fontana – Na verdade com o passar do tempo, se for botar no papel, acho que no final foi ele quem indicou mais coisas pra loja do que a gente da loja pra ele! (rsrs) Mas a troca de informações com os clientes era ENORME, não só o Nando como o próprio Miranda e outros muitos clientes apareciam com bastantes novidades, que sempre acabavam chegando “na vitrola” no outro… Meio que eu fazia essa “ponte” entre os universos musicais dos clientes (rsrs)… Indicando um som que um curtia para o outro e vice versa, e é lógico, aprendia e acabava virando fã das bandas também. Não só bandas novas como “Fleet Foxes” e ”Bon Iver”, como antigas que muitas pessoas não conheciam como “David Crosby” e “ Donny Hathaway”.

fontFã Clube – No instagram de Nando Reis (VEJA AQUI) e da equipe Infernal vimos que eles te apelidaram carinhosamente de ‘Anderson Linguiça’ (rs). Quem te colocou este apelido? Como surgiu?
Anderson Fontana – Hahaha, foi o Porpeta (Diogo damascena) e o Zacarias (Walter Villaça), aproveitando pra entregar os apelidos também… hehehe
Surgiu do nada, estávamos num restaurante rodízio na estrada e como eu havia acabado de entrar pra turma, eles estavam loucos pra arrumar um apelido pra mim, foi só eu perguntar pro garçon quando iria passar a linguiça na mesa que ferrou… (rsrs) Veio daí o apelido…

Fã Clube – Por não estar mais no facebook talvez não veja mas você é uma pessoa muito querida pelos fãs de Nando Reis. Há alguma chance de “termos” a sua presença em alguma rede social, como o instagram?
Anderson Fontana – Puts, não sei “brincar” com redes sociais (rsrs)! Quando tinha era muito viciado, não sei “dosar”… Se tenho, fico direto fuçando, não sei usar com moderação. Então melhor não ter (rsrs). Poxa, fico feliz que gostam de mim. Sempre procuro dar atenção a todos.

Fã Clube – Você é dono de muitas tatuagens. Qual foi a primeira e qual foi a última?
Anderson Fontana – A primeira foi o tribal símbolo da ‘Banda Sepultura’, na perna, e a ultima foi um trevo de 4 folhas também na perna. Um dia ainda quero terminar de fechar as tattoos da perna direita, mas sem pressa.

Fã Clube – Anderson, como ponte entre o disco e o consumidor, o que acha do CD físico? Tem o costume de comprar?
Anderson Fontana – Acho que hoje em dia só compra o CD físico quem é realmente fã do artista e geralmente pessoas acima de 30 anos. A internet e o youtube acabaram com aquele charme antigo: antes você ouvia um som na rádio, curtia, e a única maneira de ouvir depois era comprar o disco. Hoje em dia é só por no youtube ou nos app tipo “Spotify”.
E com a volta do vinil, esses clientes que compravam o CD físico acabaram migrando pro vinil, pois a parte gráfica é bem mais legal que o CD. É o meu caso, compro mais vinil do que CD.

ander fontFã Clube – Qual foi o seu primeiro disco? Como você o conseguiu, e que idade você tinha? Você ainda tem esse álbum na sua coleção?
Anderson Fontana – Meu primeiro CD foi o “Roots” do Sepultura e o segundo foi o “Frogstomp” do Silverchair. Sim, ainda tenho! hehe. Lembro que atravessava a cidade de ônibus para comprar um CD, animadão, depois ficava em casa babando…

Fã Clube – Sem dúvidas você deve ser um cara extremamente musical. Qual seu estilo musical e o que ouve em casa?
Anderson Fontana – Sou bem eclético. Trabalhei 11 anos na Compact Blue, que vendia todos estilos, desde new age/pagode/meta/jazz/trilhas sonoras, etc. Gosto de tudo um pouco, mas a única coisa que não escuto mesmo é pagode, não consigo. Agora de resto se chegar num lugar e tiver tocando fico lá ‘de boa’, sem grilo.
Agora pra chegar e botar pra tocar em casa, depende do dia… Rock nacional/indie/bandas anos 70/80/90. Meu Spotify é uma verdadeira “mistureba” de Leo Jaime a Interpol! (rsrs)

Fã Clube – Você que recebeu muitas indicações musicais de Nando, poderia nos dizer se existe alguma canção preferida dele? Qual?
Anderson Fontana – Nossa, poderia citar varias que ele curte, mas uma favorita acho difícil… Bom, segue algumas que sei que ele curte bastante:
• Donny Hathaway – “A Song for You”
• Neil Young – “Neil Young Like Hurricane”
• George Harrison “Wah Wah”
• Gilberto Gil – “Back in Bahia” e “Oriente”
• Janis Joplin – “Kozmic Blues”

Fã Clube – Todos os finais de semana você tem estado na estrada junto ao Nando Reis e Os Infernais. O que costuma fazer em seu tempo livre?
Anderson Fontana – Ouvir musica, estudar baixo e teclado (meu novo hobby), assistir futebol, History Channel e ir nos jogos do Juventus na Rua Javari… rs
Mas adoro as viagens com a turma Infernal também, aprendo pacas! Com todo mundo! Conheci o “outro lado” da musica, do show business… To felizão!

Fã Clube – Muito obrigado pela entrevista! Estamos agradecidos pela oportunidade e felizes de conhecer um pouco mais sobre você. Muita música e até breve!!!
Anderson Fontana – Valeu, obrigado. Nos vemos nos shows do Nando!

19th julho, 2015

2 Commentários

2 Comentários

  1. Fabio escreveu:

    eu cheguei a ver este programa na tv fechada, o fã clube não tem completo não?

  2. Mary Jane escreveu:

    Adoro visitar a “lojinha do Anderson” antes do show para ver as novidades e papear um pouco com o ele. O termo sala de visitas foi muito bem colocado aqui por vcs do Fã Clube, Anderson sempre nos recebe cheio de atenção e carinho.
    Muito legal a entrevista, parabéns à equipe fã clube Nando Reis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *