Sei
01 Aug 2013 | Sei

Fã Clube Nando Reis

Nando canta Cazuza: Música revelada!

Nando canta Cazuza: Música revelada!

Este mês entrevistamos Lucinha Araújo (LEIA AQUI) para falar sobre um projeto muito aguardado: O disco de canções inéditas do Cazuza, que serão interpretadas por outros artistas. Sabendo que Nando faz parte do time de estrelas deste trabalho, perguntamos para a Dona Lucinha qual poesia de seu filho ela confiou que o ruivo musicasse e cantasse e, para nossa alegria, ela revelou!

O nome da poesia que ganhará a interpretação de Nando é “Querido Diário (Tópicos para uma semana utópica)” e foi escrita por Cazuza em 1978! Ela se encontra no livro ‘Preciso Dizer Que Te Amo’ de Lucinha Araújo, lançado em 2001. Confira a letra abaixo…

Além de Nando, Xande de Pilares, Caetano Veloso, Ney Matogrosso, Bebel Gilberto, Seu Jorge, Rogério Flausino e Leoni também farão parte deste álbum. Quem támbem está ansioso?

Querido diário (Tópicos para uma semana utópica)

Segunda-feira:
Criar a partir do feio
Enfeitar o feio
Até o feio seduzir o belo

Terça-feira:
Evitar mentiras meigas
Enfrentar taras obscuras
Amar de pau duro

Quarta-feira:
Magia acima de tudo
Drogas barbitúricos
I Ching
Seitas macabras
O irracional como aceitação do universo

Quinta-feira:
Olhar o mundo
Com a coragem do cego
Ler da tua boca as palavras
Com a atenção do surdo
Falar com os olhos e as mãos
Como fazem os mudos

Sexta-feira:
Assunto de família:
Melhor fazer as malas
E procurar uma nova
(Só as mães são felizes)

Sábado:
Não adianta desperdiçar sofrimento
Por quem não merece
É como escrever poemas no papel higiênico
E limpar o cu
Com os sentimentos mais nobres

Domingo:
Não pisar em falso
Nem nos formigueiros de domingo
Amar ensina a não ser só
Só fogos de São João no céu sem lua
Mas reparar e não pisar em falso
Nem nas moitas do metrô nos muros
E esquinas sacanas comendo a rua
Porque amar ensina a ser só
Lamente longe por favor
Chore sem fazer barulho

28th agosto, 2018

1 Commentário

Um Comentário

  1. Fabíola Leão escreveu:

    Muito inferior ao que Nando produz. Não gravaria. Cazuza, em minha opinião, teve uma fase de poesia de protesto interessante. As demais, em sua maioria, conotaram uma acidez dolorida e, para deixa- la hiperboizada lançava mão de vocábulos dispensáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *