Sei
01 Aug 2013 | Sei

Fã Clube Nando Reis

‘Minha história com Gal’ por Nando Reis

‘Minha história com Gal’ por Nando Reis

Já é sabido que a canção ‘O Vento Noturno de Verão’ de Nando Reis foi escrita em homenagem a cantora Gal Costa, do qual Nando tem enorme admiração. Devido a esta informação, aliada a comemoração dos 50 anos de carreira da cantora, decidimos trazer este relato, até então inédito aqui na internet, onde Nando conta como foi o seu primeiro encontro com Gal e outras curiosidades referentes a felicidade de trabalhar com Marisa Monte e Cássia Eller. Confira:

marisa eller“Quando eu vi o disco ‘Índia’ onde a Gal Costa, que é uma cantora que não compõe, o Caetano que é o grande, talvez o maior, fornecedor de músicas pra Gal e o Gil tocando violão, falei: ‘Nossa, deste lugar eu gosto! Não ser o artista, não estar ali, como se fosse o sol que não aparece de noite e faz brilhar a lua cheia.’ Esse lugar talvez seja um dos que eu mais goste, mais até do que ficar em cima do palco. Eu, felizmente, consegui realizar algo que tenha essa relação nos trabalhos que fiz com a Marisa e Cássia… E é uma delícia, simplesmente deixar aquelas vozes maravilhosas fazerem o trabalho delas e eu fico ali só escrevendo aquelas coisinhas… Mas, como sou muito fã de voz de mulher, uma vez na Bahia – é sempre na Bahia – eu e Gal tivemos o mesmo empresário numa época, daí ele promoveu um encontro – estávamos no mesmo hotel – e ela foi até o meu quarto e eu, super nervoso, mostrei algumas músicas para ela e ela não deu muita bola, mostrei ‘Relicário’ e ela não sacou, mas daí foi ótimo porque saímos pra jantar, fomos jantar num restaurante lá no pelourinho chamado ‘Casa do Benin’, acho que era isso, de comida africana. Voltamos juntos, eu e Gal, pois estávamos no hotel Othon e ele tem uma ladeira e quando a gente desceu do carro, era verão, tinha um vento forte e quente, e eu fui pro quarto e fiz ‘O Vento Noturno de Verão’ pra ela e a convidei para cantar em meu disco ‘ Para Quando o Arco Íris’ e ela também não quis. Tudo bem né, ela tem o Caetano. É de menor importância, mas é de maior paixão!” – Nando Reis

Texto estraído do áudio gravado por Ana Duarte no show do Sesc Pompéia, dia 28/02/15.

OUÇA A MÚSICA AQUI:

..

9th junho, 2015

Sem comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *