Sei
01 Aug 2013 | Sei

Fã Clube Nando Reis

Concurso Cultural: ‘Passageiro do Vento’

Concurso Cultural: ‘Passageiro do Vento’

O fã clube Nando Reis, em parceria com a equipe ‘2 Reis’, traz um super concurso cultural para vocês onde o prêmio será o EP da banda ‘2 Reis’, liderada por Theodoro Reis e Sebastião Reis, filhos do músico e compositor Nando Reis. Para a promoção, decidimos elaborar algo em cima da primeira canção autoral que eles lançaram em seus shows, chamada ‘Passageiro do Vento’. Leia ATENTAMENTE o regulamento a seguir e saiba como concorrer!

A música dos jovens ‘2 Reis’, ‘Passageiro do Vento”, tem um título tão precioso como “Um Trem Pras Estrelas” do Mestre Gil e do inimitável Cazuza. Ambas têm aquela sacada que já faz de um título um caminho criativo pra canção. Numa tarde sossegada e fria de domingo olhando pela janela e vislumbrando uma floresta verde musgo abriríamos as audições com um LP do Gil, seguido do K7 do Jetrho Tull, o CD do Iggy Pop com “The Passenger” e fechando com o EP dos meninos Sebastião e Theo. Pura “viagem”…

O título “Passageiro do Vento” nos remete a uma visão lúdica. A letra, o clima criado pelo arranjo também contribuem pra essa direção…

Pergunta:

RESPONDA NESTE POST… E ai, sendo você “passageiro do vento percorrendo este caminho ao léu, seguindo o vento em busca de seus sonhos solitários “ nos conte: Você prefere ser passageiro ou condutor da sua vida ? Você deixa o vento te levar ou define seu caminho ? Solte sua imaginação e nos fale sobre onde “seu vento” (sua vida) vai te levar…

OUÇA ‘PASSAGEIRO DO VENTO’:

..

Participação:

• A participação deverá ser feita nos comentários desda postagem onde, obrigatóriamente, terão que ser preenchidos os campos NOME, SOBRENOME, E-MAIL DE CONTATO e SITE.
• O campo ‘SITE’ deverá ser preenchido com o link de perfil de alguma rede social do participante.
• É valida somente uma participação por pessoa.
• Não serão válidas participações que cometerem atitudes anticompetitivas ou fraudulentas, tais como a criação de perfis/cadastros falsos nas redes sociais, utilização de meios automatizados, como uso de robôs, ou qualquer outro dispositivo ou aplicativo para aumentar, de forma artificial, as chances de contemplação.
• Serão aceitas participações aqui no site até 02/07/15.

Resultado:

• Será criada uma banca julgadora da qual farão parte membros da equipe do fã clube oficial Nando Reis.
• A escolha das duas melhores respostas se dará por base nos seguintes critérios:
-Criatividade
-Adequação ao tema
-Clareza de expressão
-Hora/minuto/segundo em que a resposta foi postada (em caso de ideias idênticas).
• O resultado será divulgado no dia 04/07/2015.

Premiação:

• Os dois vencedores serão contemplados com o seguinte prêmio, cada um:
– 1 EP do ‘2 Reis’ autografado por Sebastião Reis e Theodoro Reis!

Ganhadores:

GIOVANA BOESSO: Ser senhor do próprio destino, ter controle sobre as consequências de nossas decisões, planejar o futuro em que queremos viver e viver nele. Desejos ardentes da maior parte da humanidade. Todos querem, e almejam isso nem que seja por breves momentos na vida, controlar presente e futuro. E não é errado planejar, mobilizar-se para atingir um objetivo, nem perseguir os sonhos pessoais. Entretanto, é necessário contar com o acaso, destino, vento, ou seja lá o nome que você queira dar a isso, é necessário entender que não depende tudo de nós, e que há (sim!) coisas na vida que são infinitamente maiores que nós e que fogem do nosso alcance. É preciso aprender que, por mais que nós tentemos segurar o mundo nas nossas mãos e reger ele segundo a nossa perspectiva, esse poder não pertence a nós, não nos cabe decidir. Porque no fim, mesmo com todos os planos, com todos as lutas, o destino decide por nós, brinca com nossos trajetos e nos leva a lugares totalmente inesperados, mas que nos conduzem a um aprendizado e a um crescimento jamais esperados. Aprendemos, enfim, que somos realmente passageiros, não me referindo aqui somente a nossa efemeridade, mas também à nossa situação de parte de um trem guiado pelo condutor destino. Demoramos, levamos muitos “tapas na cara” da vida, porém, acabamos chegando à conclusão de que não fomos feitos para conduzir esse trem, que essa não é a nossa função, nós não temos a habilidade de dirigi-lo, a nós cabe apreciar a vista do melhor modo possível, com companhias que também saibam admirá-la. O que cabe a nós é viver. Cada segundo. Intensamente.
MAURICIO DE PAULA: Uma estranheza encantadora me faz pensar que obrigatoriamente somos “passageiros do vento”, vivemos algo que já foi traçado especialmente para as particularidades de cada um, onde, individualmente absorvemos os conhecimentos e emoções que se fazem necessárias, em particular, para cada um de nós.
Apesar de tudo, não temos acesso a essa nossa “biografia completa”, não podemos prever nada !, fazendo-se necessário tonarmo-nos condutores de nossas centenas de escolhas diárias que afetam diretamente nossa vivência; ser sábio o suficiente para tomar boas decisões é indispensável.
Desta forma,o paradoxo “passageiro-condutor” se faz presente em cada um de nós, não sou um simples passageiro e tampouco um sábio condutor, prefiro ser esse mero ser humano que abraça a vida como ela se apresenta e que procura soluções sensatas e razoáveis para viver cada dia melhor, afinal de contas: “A vida é bela !”.

18th junho, 2015

27 Commentários

27 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *