Sei
01 Aug 2013 | Sei

Fã Clube Nando Reis

Gal Costa, disco novo e Mãe de Todas as Vozes!

Gal Costa, disco novo e Mãe de Todas as Vozes!

“A Pele do Futuro”, novo disco de Gal Costa, tem música de Nando Reis! Lançado oficialmente hoje em todas as lojas e plataformas digitais, o álbum é o 40ª da carreira da cantora e conta com composições de vários parceiros musicais como Silva, Marília Mendonça, Djavan, Paulinho Moska, nosso poeta, entre outros.

A contribuição de Nando no disco está na faixa de número 12 e se chama “Mãe de Todas as Vozes”. Escrita para homenagear Gal, a canção já havia sido apresentada pelo ruivo através de um vídeo que publicou ano passado no seu canal do youtube para celebrar o aniversário da cantora.

Nando entregou uma versão intimista, com um som de violão dedilhado e voz delicada de versos poéticos, que carrega bem o seu estilo em um violão de nylon característico da MPB. Na versão da Gal Costa, musa inspiradora da música, temos uma levada envolvente que já ganha o ouvinte nas primeiras notas da música que soam de uma guitarra. Sem dúvidas uma música cuja letra tem qualidade e assinatura de Nando Reis e uma interpretação que torna Gal Costa tão dona da música quanto o ruivo!

A produção de “Pele do Futuro” ficou a cargo de Pupillo e sua direção musical por Marcus Preto, dupla que também trabalhará no novo álbum de Nando, previsto para 2019, onde o cantor possivelmente interpretará músicas de Roberto Carlos.

Ouça abaixo a versão voz e violão de ‘Mãe de Todas as Vozes” por Nando Reis e a versão em estúdio por Gal Costa…

1. A versão de Nando…

..

2. Ouça a versão de Gal abaixo…


Leia a letra abaixo:

MÃE DE TODAS AS VOZES

Se Deus é pai
É a voz, minha mãe
que me fez entender
quem sou

Minha mãe, sua voz
Quem me deu esse amor
quem me fez conhecer
o som

uma música
toda música
é como a voz
de alguém

Como a cor de uma flor
Todo som com seu tom
Esse dom que eu tenho
em mim

Deusa mãe é a voz
Sua paz cura a dor
Minha voz é o que
eu sou

Sou filha de todas as vozes
que vieram antes
Sou mãe de todas as vozes
que virão depois

28th setembro, 2018

Sem comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *