Sei
01 Aug 2013 | Sei

Fã Clube Nando Reis

CAMINHOS DE PONTUAL

Sentimentos antagônicos. Pensamentos confusos. Incredulidade.

Foi assim que, nós fãs, recebemos a notícia da saída do Pontual dos Infernais depois de dez anos de estrada.

Ao ler a notícia, através das palavras do próprio Pontual, um filme começou a passar pela minha cabeça: lembrança de tantos e tantos shows. Comecei a rever as fotos. Tantas e tantas fotos. Momentos eternizados em imagens ilustrando, agora, os instantes de incredulidade e incompreensão. Instantes sem saber o que dizer, e sem entender o que sentia.

Difícil imaginar um show infernal, sem os seus solos, o seu sorriso sempre contido, e a sua concentração enigmática. Não há quem não fique impressionado ao ver o solo do Pontual em “Luz dos Olhos”, mesmo após muitos e muitos shows. E não há quem não escute “Laranjeiras… laranjeiras…” e não se lembre de seu inconfundível vocal com sotaque carioca.

Por outro lado, a felicidade de saber que com isso ele vai poder se dedicar mais a seu trabalho solo é inevitável. Quem já teve a oportunidade de assistir ao seu show solo, ou de ouvir os seus discos, sabe que o talento do Pontual extrapola e muito, o muito que ele apresenta no palco Infernal. O trabalho solo do Pontual é tão relevante e significativo, que merece muito e cada vez mais espaço e reconhecimento.

A saudade de vê-lo em um palco Infernal vai ser inevitável. Mas, onde muitos podem enxergar nisso uma despedida, essas palavras são na verdade de agradecimento. Gratidão, em primeiro lugar, pelo privilégio de ter conhecido o talento do Pontual através do trabalho do Nando Reis. E gratidão pelos tantos momentos de felicidade, euforia e emoção proporcionados por ele em tantos e tantos shows. E é também uma forma de demonstrar a torcida que temos pelo seu trabalho solo, e a admiração pelo seu talento. Uma admiração que só aumenta a cada vez que temos a felicidade de vê-lo brilhar no palco, seja lá, ou seja cá.

Tantos foram os shows, tanto quanto os aplausos…. e, se não mais em um palco infernal, os aplausos e a admiração continuam pelos muitos palcos que virão, pois muito mais do que Infernal, essa admiração é incondicional!

E para acabar, eu ouso me apropriar das palavras do próprio Pontual que estão no encarte de um disco que ele produziu: “tanta música boa para mostrar não pode ficar guardada, faz mal para a saúde”. Então vem, Pontual! Continua a mostrar seu talento, que o mundo está aqui sempre pronto pra te aplaudir!

Sucesso sempre!

Texto enviado ao fã clube por: Suzie

13th novembro, 2010

6 Commentários

6 Comentários