Sei
01 Aug 2013 | Sei

Fã Clube Nando Reis

NANDO REIS – BANDA CASCADURA

NANDO REIS – BANDA CASCADURA

Com 20 anos de estrada e 4 discos nas costas, os baianos do Cascadura se preparam para o lançamento de seu quinto filhote. Batizado de Aleluia, o álbum será duplo, contando com 22 inéditas!

O novo trabalho será disponibilizado pra download gratuito no dia 8 de maio, via fanpage da banda no Facebook. A versão física sai logo depois, com distribuição via Garimpo Música.

Além de marcar a volta da banda, que não lança nada desde 2006, Aleluia também se destaca pelo seu time invejável de participações especiais. Emprestaram seus talentos ao álbum nomes como Letieres Leite e sua Orkestra Rumpilezz, Móveis Coloniais de Acaju, Pitty, Siba Veloso, Mauro Pithon, Jorge Solovera, Gabi Guedes, Paulo Rios Filho, Ronei Jorge, Nando Reis, Beto Bruno (Cachorro Grande) e Jajá Cardoso (Vivendo do Ócio).

ANTECIPANDO AS MÚSICAS DO ALELUIA – Nº 11

“Nunca Imaginei”

Fábio relata: “É um verdadeiro privilégio apresentar essa canção. E por muitos motivos. Ela ficou guardada um monte de tempo, sem que eu tivesse coragem de escrever uma letra pra ela. Justamente por achá-la muito bonita… Ela guarda uma das referências das quais gosto: Beach Boys! Nela, eu gravei baixo (um dos poucos instrumentos que gravei no ‘Aleluia’) de um jeito que sempre quis fazer: ao modo Carol Kaye, a mulher que executou os surpreendentes baixos do disco ‘Pet Sounds’ da banda de Pasadena.

O detalhe da letra (e parte da melodia) dessa canção se resolveu quando recebi um e-mail de retorno de meu querido amigo Nando Reis aceitando participar dela em parceria! Enviei uma demo (pouco caprichada, confesso) com o esboço dela, em voz e violão, e solfejando uma melodia que quase desaparecia (ainda vou achar essa bendita demo aqui…). Ele pegou isso e mandou versos definitivos que deram consistência à paisagem da canção, dirigindo-se ternamente à Bahia, algo que eu queria fazer, mas estava encontrando grande dificuldade em realizar. Não por desgostar dela… Pelo contrário: por amá-la! Por isso tudo, tornou-se justo que ‘Nunca Imaginei’ esperasse tanto tempo…”

12th abril, 2012

Sem comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *