Sei
01 Aug 2013 | Sei

CONTINUAÇÃO PESQUEIRA-PE

Então o ruivo saiu e entrou em um carro preto que saiu em alta velocidade e eu sai correndo atrás (coisa de filme). O carro chegou em um certo ponto e parou. Meus amigos alucinados foram em cima e o segurança por proteção arrancou com o carro novamente. Ai paramos e pensamos em desistir mas, como eu não desisto fácil, continuei correndo atrás. Nunca corri tanto na minha vida! Quando fomos nós aproximando diminuimos os passos e veio um carro da policia perguntar pra onde eu estava indo e eu disse que para casa (não sabia nem onde eu estava).

 Continuei andando e logo atrás estava vindo o ônibus com os Infernais! Corri por trás e meus amigos já estavam perto dele. Então o ruivo desceu do carro super atencioso  e olhou logo para mim me reconhendo na hora pois eu estava louca em cima da grade gritando e cantando. Ele me abraçou, tirou fotos e conversou com a gente. Foi um amor de pessoa! Eu era a pessoa mais feliz do mundo (ainda sou), não sabia como reagir, meus olhos brilhavam e meu sorriso estava estampado no rosto eu pensava: “ PQP! Eu estou ao lado do cara mais foda, do cara que eu tanto amo.”E eu disse pra ele que agora poderia morrer feliz e posso afinal eu conheci o meu tão sonhado ídolo, ele riu e me abraçou pela sei lá décima vez.

Nando Reis é uma pessoa totalmente espetacular tanto no palco quanto fora dele os poucos minutos que tive contato com ele foram suficiente pra mim ver o quão doce, carinhoso, amigável ele é com os fãs e como pessoa. Me passou no palco a imagem de um cara porra louca e rebelde e fora dele uma pessoa culta, calma e amei e amo todas as formas de ser e agir dele. Não há palavras para descrever a emoção que eu senti nem palavras pra definir a pessoa tão mágica que o Nando Reis é.

Texto enviado ao fã clube por: Gaby Melo

CLIQUE AQUI e veja as fotos do show.