Sei
01 Aug 2013 | Sei

Fã Clube Nando Reis

RIO DE JANEIRO-RJ(17/10)

RIO DE JANEIRO-RJ(17/10)

pontRio de Janeiro. Lapa. Domingo. 17 de outubro de 2010. Noite de Lua Crescente.

Foi nesse cenário que o palco do Teatro Odisséia teve o privilégio de receber o show de lançamento do disco “Inventa qualquer coisa” de Carlos Pontual. Um show cheio de adjetivos e predicativos. Objetivos e subjetivos.

Objetivamente falando, Pontual estava muito bem acompanhado por Fernando Nunes (baixo), André Lima (teclados), Maurício Braga (bateria), Naílson Simões (percussão) e Fernando Jacutinga (percussão), e apresentou além das excelentes músicas de seu novo trabalho, os sucessos dos discos anteriores “Miolo do som” e “Instrumental social” e outras músicas inéditas.

O show contou ainda com as especiais participações de Alex Veley, tecladista infernal, na música “Sing a simple song” (Sly Stone), e do cantor e compositor Raphael Gemal que cantou “Mar levou”, música feita em parceria com Pontual.

Já a parte subjetiva do show é difícil de ser traduzida em palavras. Difícil dizer o que representa assistir a um show do Pontual, e todo o encantamento que ele proporciona, simplesmente pelo fato de haver coisas que não precisam ser ditas. Assim como, laconicamente, existem situações que necessitam apenas serem contempladas e sentidas.

Similar à fase da lua daquela noite, quando a Terra, Sol e Lua formavam um ângulo de noventa graus fazendo com que a luminosidade lunar aumentasse, e, sua face se tornasse mais visível e admirável, assim também acontece com o trabalho solo do Pontual. A combinação de sua Genialidade, Virtuosismo e Concentração dão uma luz sem igual às suas composições, e fazem com que as pessoas sintam prazer em ouvir suas músicas e tenham cada vez mais admiração e vontade de vê-lo brilhar no palco. Domingo foi uma linda noite de contemplação da Lua Crescente.

Conheça um pouco do trabalho solo de Carlos Pontual: AQUI!

Texto enviado ao fã clube por: Suzie

CLIQUE AQUI e veja as fotos do show.

20th outubro, 2010

3 Commentários

3 Comentários