Sei
01 Aug 2013 | Sei

Hannah Lima

Acre -Doce, Clara poesia negra. Assim diz Toni Garrido em texto que define muito bem um pouco da personalidade marcante e cheia de contrastes de Hannah Lima. Quem a conhece sabe, quem conhece seu trabalho sabe mais ainda!

Nascida em Carangola, M.G., veio para o Rio de Janeiro ainda criança com seus pais. Durante toda a sua infância e adolescência passava as férias com sua avó materna no interior e estudava na cidade grande, onde cresceu entre os bairros Flamengo, Vila Isabel e Rocha Miranda…..

A músicalidade ela diz-” Vem do útero da minha mãe” – Maria Célia Lima , que faleceu quando Hannah tinha apenas cinco anos de idade . “A música sempre foi meu refúgio, minha salvação.Pela música conseguí suportar e sobreviver ás adversidades da vida desde muito criança.Minha mãe me ensinou a falar cantando a musica” Botão de Rosa” que ela compôs pra mim assim que eu nascí. Nunca esquecí essa música mesmo não tendo sido deixada gravada por minha mãe. Me emocionei muito quando gravei em meu primeiro cd. ”

Sua avó lhe ensinou os primeiros acordes no piano, aos sete anos ela compôs a primeira música, sua brincadeira predileta era e ainda é imitar cantoras como a Donna Summer, Aretha Franklin, Chaka Khan , Whitney Houston , Mariah Carey entre outras divas…..

Depois veio a fase da dança.-” Queria ser bailarina mas não tinha dinheiro pro ballet e sofria.”,diz ela . Até que seu pai, percebendo o talento, a levou pra um teste na escola gratuita do municipal e aí sim ela, aos nove anos de idade teve sua introdução ao ballet clássico.

Contrastes ! Sempre os contrastes ! Ouvia Michael Jackson ,Stevie Wonder , Marvin Gaye , RUN D MC depois PUBLIC ENIMY e tudo o que era Black e envolvia a dança, o Break, o Rap.

Em 1989 , aos 16/17 anos entrou na escola pública de música Villa Lobos, onde estudou piano por dois anos . Nesta mesma época fez parte do grupo de teatro amador de Deto Montenegro (irmão de Osvaldo Montenegro ) ” onde durante um ano ensaiava todos os dias no CIEP do morro CANTAGALO .”O CIEP naquele ano estava servindo de moradia para algumas familias muito carentes. Tinhamos um acordo la e tambem ajudavamos com a limpeza, detetização e com o que podiamos naquela situação.Alí conhecí a realidade de uma favela no Rio de Janeiro.A polícia invadia sempre e tinhamos que sair bem rápido. Foi marcante pra mim aquele ano .Entrei no grupo para superar a timidez e resgatar minha auto estima e segurança devido a muitos problemas que enfrentava na minha vida pessoal. Foi o primeiro passo para uma vida e uma existencia mais consciente. Foi la que subi no palco pela primeira vez e aprendí que ele poderia ser meu refúgio e minha fortaleza!

Em 1990, aos 17/18 anos ela começa proficionalmente como backing vocal e dançarina do cantor Sidney Magal . Época em que seu pai já apresentava os primeiros sintomas de esclerose por sofrer de algo que diziam poder ser Alshaimer ou consequencia de um grave enfizema pulmonar.”Não tinhamos do que viver devido ás dificuldades enfrentadas por meu pai (falecido em 2003), que não conseguiu sua aposentadoria por uma sacanagem do governo.Esse meu primeiro trabalho como backing vocal em 1990 tão nova e sem experiência proficional foi uma bênção de Deus e sou muito grata ao Senhor e ao Sidney pela oportunidade pois foi a partir daí que iniciei proficionalmente na música e pude viver da música como era meu sonho.”

Em 1992 participou do musical ” Verde que te quero ver “(Teatro Villa Lobos RJ).

Em 1993 cantou na banda de reggae Central Africana e depois foi backing vocal da cantora pop Fernanda Abreu.

Em julho de 1994 aos 21 anos fez parte do revival repentino da banda Blitz, gravando com eles o cd Blitz Ao Vivo , e ficando em tour até meados 1997 .

A partir dai Hannah Lima sentiu que ja era hora de mostrar o seu som , suas composições o estilo e a VOZ .Afinal sua relação com a música é visceral e sua real identidade musical, até então, somente ela e seus amigos conheciam.Ou melhor, somente quem conhecia a cena black , digo r&b e hip-hop-soul , do Rio de Janeiro na última década poderia imaginar o que estava por vir num cd solo de Hannah Lima. Sim pois é importante ficar claro que o seu potencial criativo, as diferentes formas de cantar, hora rimando num flow lôco, hora entoando lindas melodias ou ainda fazendo todos os vocais onde se jura ouvir um coro de várias negonas , ou seja, a real identidade de Hannah Lima ainda era desconhecida para a maioria! Somente seus amigos de Baile Charme, parceiros da geração de cantores e rappers do início da década de 90 no underground carioca é que conheciam parte de sua identidade autoral e criativa.

-“As pessoas se assustam!”Ela diz –”Fazer o que se elas é que ficam esperando algo parecido com algum trabalho meu como backing-vocal? Uma coisa não tem nada a ver com a outra!”

Então,após 7 anos de carreira fazendo backing vocal para varios artistas brasileiros Hannah por dois anos se dedicou ás gravações de seu primeiro cd solo Produzindo -o de forma independente. A rapper,cantora e compositora Hannah Lima aos 27 anos de idade se tornou grande representante feminina da fusão R&B +RAP, assumindo corajosamente as semelhanças e diferenças entre essas duas vertentes musicais da Cultura Negra,lançando seu primeiro cd em 1999 entitulado Intuitiva , produzido pelo baixista e multi-instrumentista André Gomes e lançado pela extinta gravadora Abril Music em março de 2000. As Faixas ” Demorô ” , ” Periga eu te conquistar’ e “Intuitiva” estão entre outras deste album que ecoaram na rádios e pistas de dança por todo o país.

Em 2002 a cantora Lady Zu voltou as pistas com uma música inédita, composta por Hannah Lima e André Gomes,entitulada “Assim não Da ,”onde Hannah tambem faz participação especial cantando um Rap e o Refrão . Neste mesmo ano o cantor de R&B carioca Edmon grava a composião “”Xeque Mate ” em seu cd pela Indie Records, a cantora pop Deborah Blando gravou “Gota “, composta em parceria pelas duas, em seu cd lançado pela gravadora Universal Music, o grupo vocal feminino SNZ gravou “Posso ouvir você chamar”(Warner). Hannah Lima tambem é a responsavel pelos dois singles da cantora Kelly Moore ( ex- caloura do Programa Raul Gil ) ” Periga eu te conquistar’ e ” O que que ta pegando”.

Em 2004 Hannah teve o single” Alice no país das armadilhas “lançado em rádio e nas pistas de Hip-hop pelo dj Saddam.

Em 2005 foi destaque se apresentando no circo voador diversas vezes nos eventos HIP-HOP VOADOR E HIP-HOP CONTRA A FOME!

Também em 2005 fez participação especial em shows do rapper Black Alien exibidos na MTV( MTV NO CIRCO) e MULTI-SHOW (FESTIVAL DE VERÃO DE SALVADOR 2005).

Em 2007 , o single ” Essa é pra dançar, ” foi lançado em março no programa Ritmo da Noite Black da radio Jovem Pan pelo dj Saddam, no baile do Viaduto de Madureira pelo dj A , no programa Adrenalina Black da rádio Transamérica Fm pelo dj Daddy Kall , na boite Six na Lapa pelo dj Boneco , no programa de hip-hop da rádio Costa Verde Fm- “Ta Tranqüilo”e outros. Single este que também faz parte do primeiro vinil de rap feito por um dj carioca (DJ BONECO CONVIDA).

Hannah Lima faz participação especial em “Enquanto eu posso”, faixa do novo cd do rapper Mv Bill(“FALCÃO O BAGULHO É DOIDO”) lançado em Maio de 2006 , no CD “O Diário” (Rapper Macarrão) nas faixas “Desabafo”,”É sempre assim” e “Bem-vindo ao meu escritório” com o rapper Buiúdadoze, nos CDs dos rappers Kapella, Labuta , Edd Wheeler….

Em 2008 Hannah Lima e Banda fizeram os primeiros shows de pré lançamento do CD NEGUINHA …..

Indicada ao premio Hutuz 2008 como melhor website Hannah e sua banda também foram atração, em 28 de novembro, no palco principal do Hutuz Rap Festival tocando pouco antes de Racionais Mcs e RZO ( Big Ben Bang Johnson.)….

Em 13 de setembro Hannah Lima foi a única artista brasileira a se apresentar no FESTIVAL TUDO É JAZZ de Ouro Preto MG no palco do Largo do Cinema…..

Entre Julho e agosto de 2008 fizeram algumas apresentações no NA MATA CAFÉ, SP, entre outras apresentações como no FESTIVAL JARDIM JANGADEIRO no CAPÃO REDONDO SP em dezembro esquentando as turbinas para o ano de 2009!….

Hannah Lima é uma das indicadas ao premio Hutuz 2009 como melhor artista solo feminino da historia do Hip-hop Brasileiro!

O atual CD de Hannah Lima se chama “NEGUINHA”(2009).

E agora está agitando os shows ao lado de Nando Reis e os Infernais!!!

Facebook